6 de dez de 2011

10º grito

Gostava dos laços! Escolheu os melhores fios propositalmente, longos e interminaveis... Costumava ter mãos suaves, era hábil, envolvente, encantador... trançava com harmonia!
No começo entendia bem! Nunca achei que vestiaria algo tão nobre embora merecesse... Fiz a prova da proposta e fiquei deslumbrada! Tanto requinte e tanta beleza, um véu tecido de promessas desenhado especialmente para mim!
O fim sucede o meio, mas você deixou muitas pontas soltas, não quis arrematar, e eram tantas que não pude juntar... Na confusão dos meios as promessas se quebraram e, perdida entre linhas enredadas e nós indissoluveis, tudo se foi diante de mim... num instante se desfez.
Guardo na memória aquela imagem plantada do que poderia ter sido e a certeza de que me cairia muito bem! Era perfeito pra mim... perfeito!

g.köhler
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário