4 de nov de 2011

4º grito


EU paro para pensar e tudo que vejo são interrogações distorcidas numa paisagem desbotada da realidade...
EU só queria uma resposta objetiva que me arrancasse do peito essa camisa de força...
EU não vejo razão alguma nas coisas que faço, nas coisas que penso ou nas coisas que sinto...
Então... Onde está o meu amor? Onde está minha esperança? Onde está minha razão de viver???


EU é o meu nome...
E vc... neste momento... como se chama?

g.köhler

Nenhum comentário:

Postar um comentário